Caso UFMG. Após protestos contra a invasão da universidade, para Requião, é preciso enquadrar a Polícia Federal em abuso de autoridade

Caso UFMG. Após protestos contra a invasão da universidade, para Requião, é preciso enquadrar a Polícia Federal em abuso de autoridade

A ação da Polícia Federal, que investiga um suposto desvio de recursos destinados à construção e implantação do Memorial da Anistia Política do Brasil, financiado pelo Ministério da Justiça e executado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), vem chamando atenção. O reitor da universidade, Jaime Arturo Ramirez, e a vice-reitora, Sandra Regina Goulart Almeida, foram conduzidos coercitivamente para depor, além do presidente da Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa (Fundep), Alfredo Gontijo de Oliveira. Duas ex-vice-reitoras e duas funcionárias da Fundep também foram ouvidas pelos agentes federais. A Polícia Federal não esclareceu o motivo das conduções coercitivas ou os indícios de eventual participação dos dirigentes da universidade no caso. Para o senador do […]

Beto Richa já sabe o que fazer se não ganhar a eleição para o Senado. Vai apresentar o programa “Quem quer dinheiro”

Beto Richa já sabe o que fazer se não ganhar a eleição para o Senado. Vai apresentar o programa “Quem quer dinheiro”

O nosso governador está festivo. Correndo atrás da popularidade que lhe vem faltando bastante, não perde tempo. Tudo é motivo para ganhar espaço. Ele ligou para uma contribuinte que foi sorteada no programa “Nota Paraná”. Mais feliz que a ganhadora, Betinho deu uma de Silvio Santos. A turma do contra já soltou que ele deve estar se preparando para ser apresentador de televisão e quem sabe pode pedir uma boquinha no SBT para apresentar o programa “Quem quer dinheiro”. Mas é bom lembrar que apresentador de televisão não tem foro privilegiado. VEJA O VÍDEO

Empresários reclamam, deputados aprovam, o governo sanciona e os paranaenses levam as chibatadas dos aumentos

Empresários reclamam, deputados aprovam, o governo sanciona e os paranaenses levam as chibatadas dos aumentos

A grande roda da sobrevivência é sempre assim, notadamente com governos insensíveis e nada criativos. Os administradores, para alavancar o grande caixa, que serve para empreender obras que visam votos nas urnas, resolvem suas dificuldades de forma tão fácil que fica parecendo que “somos vítimas de bons batedores de carteira”. A majoração do ICMS no Paraná acaba de ser aprovada “pelos representantes do povo” e rapidamente será sancionada por este governo que só tem uma meta. Eleger-se senador, fazer seu irmão deputado federal e dar de presente uma cadeira de deputado estadual para o filhinho metido a entender do nada e muito menos. Parece história de premiação ao filho aproveitador. […]

É para ficar indignado. Em um mês, TJ-PR pagou R$ 5,4 milhões em “auxílios” a magistrados. Um juiz recebeu R$ 24 mil em ajuda de custo

É para ficar indignado. Em um mês, TJ-PR pagou R$ 5,4 milhões em “auxílios” a magistrados. Um juiz recebeu R$ 24 mil em ajuda de custo

A notícia está no blog do jornalista Guilherme Voitch, publicado pela Veja. Segundo ele, o TJ do Paraná gastou R$ 5,4 milhões com o pagamento de indenizações em sua folha de pagamento de novembro, segundo a planilha enviada ao Conselho Nacional de Justiça.  As indenizações compreendem o pagamento de auxílio-alimentação, auxílio-saúde e auxílio-moradia, entre outros. Na média, cada magistrado recebeu R$ 4,2 mil no mês, mas os números variam. O valor mais alto foi pago a um juiz que recebeu R$ 30 mil em indenizações, sendo R$ 24 mil só de ajuda de custo. A listagem fornecida pelo TJ inclui desembargadores e juízes, da ativa e inativos, além de beneficiários, como viúvas de magistrados, por […]

O sempre sortudo Beto Richa. Sobre o caso delação JBS, até agora nada. PGR nem informa se vai ou não abrir inquérito

O sempre sortudo Beto Richa. Sobre o caso delação JBS, até agora nada. PGR nem informa se vai ou não abrir inquérito

O caso é conhecido até pelos postes do Centro Cívico de Curitiba. Sobre as delações da turma da JBS, informações dão conta que houve doações nada legais para a campanha do então candidato Beto Richa ao governo do Paraná. Segundo a jornalista Catarina Scortecci, da Gazetona, a Procuradoria Geral da República não informa se já pediu ou ainda vai pedir a abertura de um inquérito no STJ para apurar o caso, alegando que o tema é sigiloso.  A notícia da Gazetona aponta ainda que, no Supremo Tribunal de Justiça, Beto Richa já é alvo de três inquéritos: Operação Publicano; Delações da Odebrecht; e investigações no IAP – Instituto Ambiental do Paraná. Mas não […]

Vai um Melhoral, Aspirina ou Lacto Purga? Michel Temer nomeou farmacêutico e outros profissionais sem nada a ver para cuidar do subsolo

Vai um Melhoral, Aspirina ou Lacto Purga? Michel Temer nomeou farmacêutico e outros profissionais sem nada a ver para cuidar do subsolo

É um descaso e uma falta de respeito com as coisas que devem ser levadas a sério. Segundo a coluna do jornalista Claudio Humberto, publicada em diversos órgãos de imprensa do país, a indicação política está apequenando órgãos técnicos como o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), responsável pela gestão das riquezas do subsolo do Brasil. As indicações políticas contemplam até um farmacêutico para cuidar do subsolo. A esperança do setor é a recém-criada Agência Nacional de Mineração (ANM), com a garantia de absorção dos concursados altamente qualificados do DNPM. Tem Melhoral?  Político ligado ao PMDB e dono de farmácia no interior, Sidnei Eckert, foi nomeado superintendente do DNPM no […]

Coisinhas estranhas fizeram com que o TCE-PR suspendesse os contratos de obras da Sanepar em União da Vitória

Coisinhas estranhas fizeram com que o TCE-PR suspendesse os contratos de obras da Sanepar em União da Vitória

A ausência de projetos básicos nas licitações que selecionaram construtoras levou o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) a emitir medida cautelar que suspende os contratos nº 23.533/2016, nº 23.534/2016, nº 23.615/2016 e nº 23.988/2016 da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Os contratos suspensos têm como objeto a realização obras para ampliar o esgotamento sanitário no Município de União da Vitória (Região Sul). Os dois primeiros, nos valores de R$ 3.995.000,00 e R$ 6.050.000,00, referem-se à implantação de redes coletoras de esgoto e, como as obras já estão adiantadas – 61,80% e 91% respectivamente -, poderão ser continuados assim que forem apresentados os projetos as built e executivos, com […]