Operação Quadro Negro. Festa no Palácio Iguaçu. Após vazamento, delação de Fanini pode ser anulada. Alegria geral total na família Richa

Operação Quadro Negro. Festa no Palácio Iguaçu. Após vazamento, delação de Fanini pode ser anulada. Alegria geral total na família Richa

Os jornalistas Felippe Aníbal e Catarina Scortecci, da Gazetona, informam que a análise e homologação da colaboração premiada do ex-diretor da Secretaria de Estado da Educação Maurício Fanini está ameaçada. A delação, que estava em processo de negociação com a Procuradoria-Geral da República (PGR), foi suspensa, depois que o jornal O Globo divulgou, no último fim de semana, trechos do que Fanini teria relatado aos procuradores federais. Preso desde setembro na Operação Quadro Negro, o ex-diretor foi citado em outra delação, em que é apontado como um dos operadores do esquema de desvio R$ 20 milhões de escolas públicas e que teria beneficiado a campanha do governador Beto Richa (PSDB). VEJA MAIS

R$ 1.276.217,18 é o valor que Centro Integrado de Apoio Profissional (Ciap) e Dinocarme Aparecido Lima, ex-presidente da entidade, devem devolver, solidariamente, ao cofre do Consórcio Intermunicipal de Saúde do médio Paranapanema

R$ 1.276.217,18 é o valor que Centro Integrado de Apoio Profissional (Ciap) e Dinocarme Aparecido Lima, ex-presidente da entidade, devem devolver, solidariamente, ao cofre do Consórcio Intermunicipal de Saúde do médio Paranapanema

A informação é Assessoria de Imprensa do Tribunal de Contas do Paraná. O Centro Integrado de Apoio Profissional (Ciap) e Dinocarme Aparecido Lima, ex-presidente da entidade, devem devolver, solidariamente, ao cofre do Consórcio Intermunicipal de Saúde do médio Paranapanema (Cismepar), R$ 1.276.217,18, devidamente corrigidos. O valor foi repassado pelo Cismepar a essa organização da sociedade civil de interesse público (Oscip), nos anos de 2007 e 2008, para a execução de diversos programas. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), na sessão de 4 de outubro, ao julgar processo de tomada de contas extraordinária no qual foi identificada a ausência de comprovação da devida utilização […]

Brasil tem maior concentração de renda do mundo entre o 1% mais rico. Pesquisa comparativa liderada aponta que 27,8% da riqueza nacional está em poucas mãos

Brasil tem maior concentração de renda do mundo entre o 1% mais rico. Pesquisa comparativa liderada aponta que 27,8% da riqueza nacional está em poucas mãos

Quase 30% da renda do Brasil está nas mãos de apenas 1% dos habitantes do país, a maior concentração do tipo no mundo, informa matéria do jornal EL PAÍS. A reportagem da conta que a Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, é coordenada, entre outros, pelo economista francês Thomas Piketty. O grupo, composto por centenas de estudiosos, disponibiliza nesta quinta-feira um banco de de dados que permite comparar a evolução da desigualdade de renda no mundo nos últimos anos. Os dados sobre o Brasil se restringem ao período de 2001 a 2015, e são semelhantes em metodologia e achados aos estudos pioneiros publicados pelos pesquisadores brasileiros Marcelo Medeiros, Pedro Ferreira de Souza e Fábio […]

A revolta dos Ratos. Ex-amigo de Lula, o apresentador Ratinho apela à onda antipetista para fazer do filho governador do Paraná

A revolta dos Ratos. Ex-amigo de Lula, o apresentador Ratinho apela à onda antipetista para fazer do filho governador do Paraná

A matéria é do jornalista Rafael Moro Martins e foi publicada na revista Piauí. A campanha eleitoral de 2012 se aproximava do fim, dias antes do segundo turno, quando a então ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffmann deu as caras no programa eleitoral de Gustavo Fruet, que disputava a prefeitura de Curitiba pelo PDT. “A mudança tem nome e sobrenome”, anunciou, em tom grave, para manifestar seu apoio a Fruet, que era tucano quando se destacou como integrante da CPI dos Correios, que botou a nu o esquema do mensalão petista. Mirando o conservadorismo do eleitor curitibano, a frase de Hoffmann também atingiu o fígado do adversário de Fruet, Ratinho […]

Quando a trapalhada governista faz a agência de classificação de risco acenar com rebaixamento de nota do Brasil. É muita competência cuidando do país

Quando a trapalhada governista faz a agência de classificação de risco acenar com rebaixamento de nota do Brasil. É muita competência cuidando do país

Palavras perdidas e até irresponsáveis criam situações nada interessantes para a economia do Brasil. É o que informa o Painel da Folha nesta quita-feira (14/12). A trapalhada promovida por alguns dos principais articuladores do Congresso nesta quarta (13/12) serviu, ao menos, para dar ao governo e aos parlamentares uma amostra grátis da reação que devem esperar do mercado caso realmente decidam enterrar a nova Previdência. Além das oscilações da bolsa e do dólar, a Fitch, agência de classificação de risco, avisou que, nesse cenário, rebaixará a nota de crédito do Brasil, o que deve encarecer financiamentos e desestimular investimentos. Causa… Líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR) anunciou o adiamento da votação […]

Osmar Dias: “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”

Osmar Dias: “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”

A matéria é do Blog do Zé Beto. Aos poucos o ex-senador Osmar Dias vai se distanciando do grupo do governador Beto Richa – de quem até bem pouco tempo era um provável aliado nas eleições de 2018. Ontem, em encontro do PDT em São José dos Pinhais, o pedetista subiu um pouco mais o tom ao dizer que “os que estão aí” prometeram e não cumpriram. “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Eu não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”, disse. E completou: “O povo do Paraná sabe que chegou o momento que […]

Enquanto ficamos olhando a chegada do Papai Noel, o Congresso aprova orçamento com salário mínimo de R$ 965 para 2018

Enquanto ficamos olhando a chegada do Papai Noel, o Congresso aprova orçamento com salário mínimo de R$ 965 para 2018

O plenário do Congresso Nacional aprovou, na noite desta quarta-feira (13), o projeto de Lei Orçamentária Anual de 2018 (PLN 20/2017). A proposta aprovada prevê um salário mínimo de R$ 965, valor quase 3% maior do que os atuais R$ 937. O texto agora segue para a sanção do presidente Michel Temer (PMDB). O Orçamento também estima um crescimento de 2,5% da economia nacional em 2018 e prevê um rombo de R$ 157 bilhões nas contas do governo federal. O déficit previsto é um pouco menor do que os R$ 159 bilhões determinados pela LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) como meta fiscal para 2018. Fundo eleitoral A proposta reservou R$ […]

No dia da emancipação política do Paraná, em 19 de dezembro, o governador Beto Richa (PSDB) realizará a entrega oficial das comendas da Ordem do Pinheiro. A gastança vai ser de R$ 114 mil

No dia da emancipação política do Paraná, em 19 de dezembro, o governador Beto Richa (PSDB) realizará a entrega oficial das comendas da Ordem do Pinheiro. A gastança vai ser de R$ 114 mil

a mais alta honraria fornecida pelo governo para “galardoar brasileiros e estrangeiros, civis, e militares que se hajam distinguido pela notoriedade do saber ou por serviços relevantes prestados ao estado do Paraná”. A lista foi publicada no Diário Oficial do Executivo desta segunda-feira (11) e pode ser verificada no decreto de nomeação dos homenageados. Dentre os que receberão a honraria na cerimônia, que custará R$ 114 mil aos cofres do estado, estão o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), a vice de Richa, Cida Borghetti (PP), a ex-governadora e esposa do ex-prefeito de Londrina, Emília Belinati (DEM), o conselheiro do tribunal de contas, Fábio Camargo e o colega de partido e governador de Goiás, […]