Em tempos de eleições, tarifa do transporte público de Curitiba fica congelada

O gazeteiro Zé Beto acaba de postar em seu blog que “não é que Rafael Greca mandou congelar o preço da passagem de ônibus neste ano!!!”

Segundo o grande Zé Beto, a informação que foi publicada na edição impressa da Gazetona é do presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto. As empresas de transporte coletivo também informaram não querer aumento!

Com jeito todo próprio de lidar com essas coisinhas esquisitas, eleitoralmente falando, arremata:

Não é expressionante? Só falta agora, quando a campanha eleitoral esquentar, o prefeito de Curitiba anunciar que vai baixar o preço graças ao apoio de Cida Borghetti, que deverá assumir o governo do Paraná em abril como candidata a permanecer no cargo. Beto Richa certamente apoiará a medida, ele como candidato a uma vaga no Senado, assim como o ministro Ricardo Barros, que dirá que a nobre atitude fará bem à saúde do bolso do povão do maior colégio eleitoral do estado. Por enquanto, no mundo real, a passagem continua custando 4 Grecas e 21 Gulins.