Segundo o deputado federal João Arruda (MDB), que negociou a liberação com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a verba será utilizada para o custeio de média e alta complexidade do atual hospital de Morretes, mas, com a liberação, o prefeito, Osmair Coelho, o Marajá (MDB) garante que aplicará os recursos municipais reservados para as despesas de custeio na construção do novo hospital.

A informação é do ParanáPortal.