Maracutaia de Zeca. Câmara cobra R$ 66 mil de deputado que alugou imóvel de sogro com verba pública

A gazeteira Giselle Santos, leia-se site Congresso em Foco, informa que o deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) está devolvendo aos cofres da Câmara os R$ 66,5 mil de verba pública que utilizou no aluguel de um imóvel que pertence ao seu sogro. A Câmara obrigou o parlamentar a ressarcir o gasto com a chamada cota para o exercício da atividade parlamentar (Ceap) usada por ele na locação de uma casa em Arcoverde (PE), reduto eleitoral do petebista, para sediar o seu escritório de representação política, de março de 2015 a outubro de 2016. O espaço pertence ao pai da esposa do deputado.

Os parlamentares recebem R$ 33,7 mil de salário. A restituição dos valores é feita de forma parcelada. Desde maio de 2017, R$ 3.500 são descontados da folha de pagamento de Zeca Cavalcanti todo mês. A estimativa é que os débitos sejam quitados até novembro deste ano.