Roman buscou e Cascavel recebeu 41 milhões. Articulou com a Itaipu e a comunidade agradece

O deputado federal Evandro Roman articulou, junto à Itaipu Binacional, uma parceria com a Prefeitura de Cascavel que prevê recursos, totalizando R$ 41 milhões. A assinatura do termo de convênio para a liberação dos recursos aconteceu nesta quinta-feira (30/11), em Cascavel, com a participação de diretores da Binacional, produtores rurais e autoridades do Executivo e Legislativo.

Deste pacote de investimentos, dos R$ 41 milhões, 26,6 milhões serão destinados a adequar estradas do interior com obras de pavimentação poliédricas, adequação e cascalhamento. A maior parte virá do caixa da usina, R$ 14.038.358,98 e o restante, R$ 12.580.938,12, de contrapartida da prefeitura.

Ao todo, serão 135,4 quilômetros de estradas rurais, abrangendo trechos de todos os distritos. Também estão previstos investimentos em uma ciclovia turística.

Com este recurso, também serão abertos mais de 35 quilômetros de vias e caminhos de cicloturismo.

Os sete distritos de Cascavel serão contemplados: Diamante, Espigão Azul, Juvinópolis, Rio do Salto, São João do Oeste, São Salvador e Sede Alvorada. Ao todo, são 135.441 metros de adequação, 60.929 metros de cascalhamento, 98.926 metros de calçamento poliédrico e uma ciclovia turística de 35 quilômetros de extensão por dois metros de largura.

 

CICLOVIA

Depois do anúncio, empresários e ciclistas de Cascavel conheceram o traçado da ciclovia turística que vai ligar o Município de Cascavel às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Serão aproximadamente 220 KM, a maior parte às margens do Parque Nacional do Iguaçu. O projeto foi apresentado pelo diretor de Projetos e Obras da Itaipu Binacional, Newton Kaminski, ao presidente da Acic, Edson Vasconcelos, e membros da diretoria da associação e ainda ex-presidentes, como Leopoldo Furlan e Alci Rotta Jr. Por sugestão do deputado Evandro Roman, a ciclovia se chamará José Torres Sobrinho, saudoso líder empresarial que foi um dos principais entusiastas dessa obra, que terá início a partir de janeiro do ano que vem.

 

PARQUE LINEAR

A comunidade do Bairro Santa Cruz, na região Oeste de Cascavel, contará em breve com um parque linear, também fruto desta parceria entre a prefeitura e a Itaipu Binacional. Trata-se do EcoPark Oeste, empreendimento de R$ 15 milhões, anunciado na tarde desta quinta-feira. “Articulamos essa parceira, a pedido do prefeito Leonaldo Paranhos, para dar sequência aos projetos que, infelizmente, ficariam sem recursos e não poderiam sair do papel”, disse Roman.  O investimento faz parte do pacote de R$ 41 milhões que serão investidos no município, por meio de convênio do programa ambiental da usina.

Com 197 mil metros quadrados de extensão, o EcoPark Oeste beneficiará mais de 70 mil pessoas que moram no entorno. O espaço garantirá a preservação ambiental do Rio Bezerra, um dos principais afluentes de Cascavel e que hoje encontra-se ameaçado. Com ampla área verde, espaço para atividades físicas, playground, ciclovia, pista de caminhada, paraciclos, horta comunitária, lago, equipamentos de alongamento, estacionamento e outros atrativos.