Levantamento da Folha de Londrina: Dos 399 municípios, 244 foram afetados por explosões em agências bancárias

Levantamento da Folha de Londrina: Dos 399 municípios, 244 foram afetados por explosões em agências bancárias

De cada grupo de dez cidades, pelo menos seis, segundo pesquisa da Folha de Londrina, foram alvo de quadrilhas de assaltantes de bancos. Dos 399 municípios, 244 deles foram atingidos como aquele de Palmeira, que aterrorizou sua população com a explosão de três caixas eletrônicos e agora, mais recentemente, o caso de Ponta Grossa. Segundo o jornalista Luiz Geraldo Mazza, que assina a nota publicada pela Folha anteontem, ao celebrar seu aniversário, Guaraqueçaba, um dos mais abandonados municípios de todo Paraná, hoje despojado de serviços bancários, embora a lotérica tenha voltado a atuar, fez manifestações de protesto por sua situação extrema de isolamento, já que a ligação por terra é […]

Com medo, moradores de Palmeira pedem intervenção já. Se o estado não oferece segurança, vamos chamar o xerifão do país, Raul Jungmann

Com medo, moradores de Palmeira pedem intervenção já. Se o estado não oferece segurança, vamos chamar o xerifão do país, Raul Jungmann

A cidade de Palmeira está com medo e exige mais segurança. O problema é sério. Uma cidade a 70 quilômetros de Curitiba que não tem uma segurança confiável. A população acha um descaso do governador Beto Richa. De nada adianta o mandatário do estado trocar o secretário, trocar o comando da polícia militar. É preciso ter condições de trabalho para que a polícia possa atender a comunidade. Uma vergonha. Enquanto Palmeira é agredida, o Coronel das Araucárias faz tour político em outros cantos do estado. Vai Beto Richa, o governador mais mediático que o estado do Paraná já teve. VEJA A MATÉRIA DA RPCTV QUE MOSTRA A FARRA DOS MARGINAIS […]

O assaltante encharcado. Trabalhadora joga balde d’água em ladrão e evita assalto. Essa ideia poderia ser levada ao Rio de Janeiro

O assaltante encharcado. Trabalhadora joga balde d’água em ladrão e evita assalto. Essa ideia poderia ser levada ao Rio de Janeiro

O gazeteiro Jorge Guirado, o mais novo sessentão de Cascavel, informa que um caso inusitado foi registrado em Assis Chateaubriand. A proprietária de um estabelecimento comercial surpreende um ladrão com balde de água, para evitar assalto. Nas imagens é possível ver que a proprietária fica na pia enchendo um balde de água enquanto a funcionária vai até a frente da padaria organizar o local. Enquanto ela retorna, um homem entra atrás da mulher, e anuncia o assalto. VEJA O VÍDEO DA CATVE ———————–PUBLICADA AOS 01/03/18, ÀS 10:05 FOTO/ILUSTRATIVA

Falta Segurança. Em 2017, 1,6 mi de celulares foram bloqueados por roubo ou furto

O gazeteiro Pedro Carvalho, leia-se revista Veja, informa que o Sindicato das Empresas de Telefonia e Serviço Móvel Celular fez as contas. Em 2017, as empresas receberam 1,6 milhão de pedidos de bloqueio de acesso do celular. Ao todo, 9,3 milhões de IMEIs (código de identificação) de aparelhos celulares estão registrados no banco de dados das prestadoras de telefonia móvel. As solicitações são por motivos variados, entre eles roubo, furto e extravio.   ______________ AOS 23/01/18 ÀS 07:26 FOTO/ARQUIVO/JORNAL DO COMÉRCIO

Vivemos sem Segurança no Paraná. Explosões em bancos caem e assaltos crescem. Com menos caixas eletrônicos em funcionamento, quadrilhas se concentram em roubos com uso de armamento pesado

Vivemos sem Segurança no Paraná. Explosões em bancos caem e assaltos crescem. Com menos caixas eletrônicos em funcionamento, quadrilhas se concentram em roubos com uso de armamento pesado

Os gazeteiros Celso Felizardo e Vítor Ogawa, leia-se Folha de Londrina, produziram matéria dando conta da falta de segurança que vive o estado do Paraná. Segundo os jornalistas, as agências bancárias paranaenses registraram 158 ataques no ano passado. O número é 22,16% menor do que as 203 ocorrências anotadas em 2016. A redução mais significativa foi a de explosões de caixas eletrônicos, que caiu de 109 para 59 no mesmo período. Os arrombamentos também diminuíram; de 62 para 59. Porém, de acordo com o Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região, isso é reflexo da diminuição dos caixas eletrônicos. Com menos opções, os criminosos têm se concentrado nos assaltos a […]

Falta segurança. Vítima procura pela polícia pedindo apoio, não é atendida e perde a paciência pelo descaso. Desrespeito com o cidadão

Falta segurança. Vítima procura pela polícia pedindo apoio, não é atendida e perde a paciência pelo descaso. Desrespeito com o cidadão

OgazeteirO recebeu uma reclamação de uma das muitas vítimas que sofrem assaltos em Curitiba. Dois jovens foram assaltados na noite de (18/11). Um homem armado desceu de um veículo e levou os seus celulares. As vítimas fizeram os procedimentos determinados pela polícia e uma das delas foi ao plantão do 1º Distrito Policial de Curitiba, localizado no centro, para o respectivo registro, uma vez que neste caso a queixa não poderia ser feita via internet. O jovem foi duas vezes ao plantão para fazer o registro e, pasmem, até esta quarta-feira (22/11) não conseguiu registrar a ocorrência. Indignado, o rapaz contou sua história. Sofri um assalto à mão armada no […]