Falta Segurança. Projeto de lei quer liberar armas de fogo na zona rural. Documento que altera Estatuto do Desarmamento foi aprovado no Senado e segue para ser analisado pela Câmara

O gazeteiro Vítor Ogawa da Folha de Londrina assina a reportagem de capa da Folha de Londrina deste sábado (13/01). Há muito tempo a vida no campo deixou de ser sinônimo de tranquilidade ou de vida pacata. Nos sítios, chácaras e fazendas, o medo da violência é constante. Notícias de roubo de gado, assaltos a propriedades e até mesmo de latrocínios (roubos seguidos de morte) têm tirado o sono de quem vive a dezenas de quilômetros de distância de uma unidade da Polícia Militar. Muitos deles têm apelado para uma solução extrema: armar-se. E a gravidade do tema chegou até o Congresso. No fim de novembro do ano passado, a […]

Enquanto você senta, a Câmara Federal gasta até R$ 76 mil para reformar cinco sofás

Enquanto você senta, a Câmara Federal gasta até R$ 76 mil para reformar cinco sofás

A Câmara Federal pretende gastar até R$ 100 mil em “manutenção corretiva e preventiva” em cadeiras e sofás para “assegurar as condições de uso e conforto aos usuários”. Pelo edital, a casa de leis pode usar até R$ 76 mil para comprar 120 peças de “couro primeira qualidade” nas cores bege, cinza e preta para consertar cinco sofás. VEJA TUDO NO SITE LIVRE.JOR.BR

Foro Privilegiado: 55 mil pessoas beneficiadas. O estado da Bahia é o campeão

Foro Privilegiado: 55 mil pessoas beneficiadas. O estado da Bahia é o campeão

Apontando situações que deixam todos os brasileiros indignados, o jornalista Claudio Humberto informa em sua coluna que “os Ministros do Tribunal de Contas estão entre 55 mil brasileiros com foro privilegiado. No TCU, têm privilégio de foro até auditores substitutos e procuradores. Nos Estados, são 476 conselheiros protegidos por foro. A Bahia é o estado recordista em autoridades com privilégio de foro determinado pela Constituição estadual: 4.880 detentores de cargos. O Rio de Janeiro é segundo com 3.194 e o Piauí é terceiro com 2.773″.  IMGAEM: Utilizamos a charge do site asmetro.org.br

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, admite que foro privilegiado é excessivo e pede ajuste

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, admite que foro privilegiado é excessivo e pede ajuste

A informação, dada pelo jornalista Josias de Souza, diz que o presidente da Câmara reconhece: “que o foro privilegiado “não pode ficar do jeito que está, é um excesso.” Rodrigo Maia (DEM-RJ) informou que articula uma proposta de emenda constitucional para ajustar o mecanismo. Já conversou com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Ouvirá o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), neste domingo. E marcou para a próxima terça-feira encontro com a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia. “Chegaremos a um texto de consenso e de bom senso”, afirmou. Maia classificou de “corretíssima” a posição que prevaleceu no plenário do Supremo, na última quinta-feira, pelo placar provisório de 7 […]

Favores de Michel Temer à Shell mostram que é dever travar MP entreguista

Favores de Michel Temer à Shell mostram que é dever travar MP entreguista

Além de indignar os 200 milhões de brasileiros, a descoberta do pacote de favores prestados pelo governo Temer à Shell e outras empresas britânicas para facilitar ainda mais o domínio externo sobre as reservas do pré-sal ajuda a iluminar aspectos necessários a defesa dos interesses do país. O benefício é jogar luzes sobre num debate que ocorre na surdina, no Congresso, que irá ter consequências — um pouco mais, um pouco menos nefastas — para o destino do país. Neste momento, Temer tenta aprovar uma Medida Provisória, de número 795, que pretende escancarar o mercado brasileiro de máquinas e equipamentos para a indústria do petróleo. Num ponto que divide os […]

Cargos & Reformas. Michelzinho enfrenta um xadrez de cargos para aliados por reforma da Previdência

Cargos & Reformas. Michelzinho enfrenta um xadrez de cargos para aliados por reforma da Previdência

Uma semana de folga. Deputados e senadores voltam ao trabalho divididos em duas frentes: a dos que topam aprovar a reforma da Previdência, desde que o presidente Michel Temer dê como contrapartida uma outra reforma, a ministerial; e a daqueles que pretendem fazer o que estiver ao alcance para impedi-la, informa o site Congresso em Foco. Temer se reuniu com deputados durante todo o fim de semana e, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teve ao menos duas reuniões. O peemedebista sabe que, caso queira viabilizar suas prioridades na pauta do Congresso, deve acomodar aliados diferentes na máquina governamental e realinhar sua base de sustentação, já um tanto irritadiça, […]