Michel Temer é xingado durante caminhada, sorri e ignora protesto. Veja o vídeo. Rodrigo Maia, Eliseu Padilha e Alexandre Baldy estavam com o presidente

Michel Temer é xingado durante caminhada, sorri e ignora protesto. Veja o vídeo. Rodrigo Maia, Eliseu Padilha e Alexandre Baldy estavam com o presidente

As informações são do site Congresso em Foco. O presidente Michel Temer foi hostilizado enquanto caminhava ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Alexandre Baldy (Cidades) no início da noite desse domingo (21/01). De tênis, bermuda e camiseta, na companhia de uma filha de Maia, o grupo percorria o trajeto entre os palácios do Jaburu e Alvorada quando foi surpreendido pelo protesto. Aos gritos, um manifestante chamou o presidente de “golpista” e “ladrão”, “bandido”. “Fora, Temer”, emendou. O presidente e seus aliados sorriram e mantiveram o passo, ignorando o protesto. Eles contaram, após o exercício físico, que aproveitaram o momento […]

Acredite se quiser. Uns e outros sonham com uma possível candidatura de Michel Temer à reeleição

Acredite se quiser. Uns e outros sonham com uma possível candidatura de Michel Temer à reeleição

A gazeteira Denise Rothenburg, direto de Brasília, leia-se Correio Braziliense, informa que, apontado por seus mais fiéis escudeiros como pré-candidato à reeleição, o presidente Michel Temer aproveitará o périplo nos programas mais populares para ver se consegue melhorar a avaliação junto ao eleitorado. Sabe como é, se o governo adquirir um pouquinho mais de músculo, terá condições de influir mais, seja no papel de ator principal numa campanha, seja como um coadjuvante de peso. Enfim, não tem nada a perder. AOS 17/01/18 ÀS 00:21 FOTO: ARQUIVO/O ANTAGONISTA

Michel Temer correndo atrás do prejuízo. Ele determinou uma série de pesquisas para avaliar a sua popularidade

Michel Temer correndo atrás do prejuízo. Ele determinou uma série de pesquisas para avaliar a sua popularidade

O gazeteiro Lauro Jardim do jornal O Globo, informa que o Palácio do Planalto encomendou para o final do mês uma série de pesquisas de consumo interno para avaliar a popularidade de Michel Temer, de seu governo e de suas ideias. O Ibope fará a pesquisa quantitativa por telefone e presencialmente, e o Instituto Análise cuidará das qualitativas. Como não poderia deixar de ser, será avaliada também a aceitação da reforma da Previdência no eleitorado.

O caso do deputado Rocha Loures, o mala do ano. Ele e a empresa de portos têm divergências em depoimento à Polícia Federal

O caso do deputado Rocha Loures, o mala do ano. Ele e a empresa de portos têm divergências em depoimento à Polícia Federal

O gazeteiro Raynaldo Turollo Jr. informa que, investigada sob suspeita de ter sido favorecida pelo decreto dos portos de Michel Temer, editado em maio de 2017, a empresa Rodrimar afirmou à Folha que o ex-assessor do presidente e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (MDB) integrou um grupo criado pelo governo para discutir as novas normas que foram benéficas para o setor. O assunto é matéria de capa da edição deste sábado da Folha de São Paulo. A reportagem diz que Loures, diferentemente, disse em depoimento à Polícia Federal prestado em novembro que as empresas “imaginavam” nele um interlocutor do governo para o assunto, o que “não era verdadeiro”. Em junho do ano passado, no início […]

O caso dos diretores da Caixa Econômica Federal continua rendendo. É mala de todos os tipos

O caso dos diretores da Caixa Econômica Federal continua rendendo. É mala de todos os tipos

Michel Temer não atendeu ao pedido de afastamento dos vice-presidentes da Caixa feito pelo Ministério Público Federal. O Palácio do Planalto prepara resposta ao MPF (Ministério Público Federal), com isso, a Caixa mantém no seu comando cinco dirigentes sob suspeita de envolvimento em esquemas de corrupção; seu presidente, Gilberto Occhi, e quatro vice-presidentes são alvo de investigações do MPF (Ministério Público Federal) e do próprio banco. Citações a eles aparecem nas operações Sépsis, Cui Bono? e Patmos, conduzidas pela Procuradoria em Brasília. Mensagens e documentos sob análise dos investigadores indicam que os dirigentes auxiliaram o grupo do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ) e do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) […]

Rocha Loures se cala durante depoimento à PF. Conhecido como ‘mala do ano’, ele utilizou o direito de não se incriminar no inquérito que investiga ele e Michel Temer

Rocha Loures se cala durante depoimento à PF. Conhecido como ‘mala do ano’, ele utilizou o direito de não se incriminar no inquérito que investiga ele e Michel Temer

Em seu primeiro depoimento à Polícia Federal, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR) exerceu seu direito de ficar calado. Ele após ser flagrado recebendo 500.000 reais de um executivo da JBS em um restaurante, foi questionado pelos investigadores nesta sexta-feira, como parte do inquérito da Operação Patmos, que mira ele e o presidente Michel Temer(MDB), de quem foi assessor especial. O ex-parlamentar está preso desde o último dia (03/01), quando o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Existe grande expectativa a respeito de uma possível delação premiada de Rocha Loures, que poderia comprometer Temer, informou o […]

Acredite se quiser. Novo levantamento contratado pela CNI dá conta que popularidade de Michel Temer subiu

Acredite se quiser. Novo levantamento contratado pela CNI dá conta que popularidade de Michel Temer subiu

A CNI divulga nos próximos dias uma nova pesquisa encomendada ao Ibope sobre a aprovação do governo e a popularidade de Michel Temer, informa o jornalista Lauro Jardim de O Globo. A nota dá conta ainda que, na última, sua aprovação desceu a inacreditáveis 3%. Alguns dirão que era impossível cair mais, mas o fato é que ela subiu ligeiramente nesta pesquisa. FOTO: REVISTA VEJA PUBLICADO ÀS 07:31 – 17/12/17

Pergunta que não quer calar: Por que a OAB pediu o impeachment de Michel Temer, sabendo que a motivação era indevida?

Pergunta que não quer calar: Por que a OAB pediu o impeachment de Michel Temer, sabendo que a motivação era indevida?

Na tarde desta sexta-feira (15/12), dois profissionais do direito conversam em um famoso café no Centro Cívico de Curitiba sobre a reportagem da revista “Isto É”, na qual se questiona o jeitão com que a Ordem de Advogados do Brasil tratou o caso das denúncias contra o presidente Michel Temer. Sem entrar no mérito disso ou daquilo, a verdade é que muitos advogados se sentiram, digamos, desconfortáveis com o encaminhamento dado pelo órgão que representa a classe. Pelo sim, pelo não, a reportagem da Isto É: FOI GOLPE? O presidente da OAB, Claudio Lamachia. Pediu o lmpeachment de Temer, mesmo sabendo que motivação era indevida Dirigentes da instituição participaram de […]

Quando a trapalhada governista faz a agência de classificação de risco acenar com rebaixamento de nota do Brasil. É muita competência cuidando do país

Quando a trapalhada governista faz a agência de classificação de risco acenar com rebaixamento de nota do Brasil. É muita competência cuidando do país

Palavras perdidas e até irresponsáveis criam situações nada interessantes para a economia do Brasil. É o que informa o Painel da Folha nesta quita-feira (14/12). A trapalhada promovida por alguns dos principais articuladores do Congresso nesta quarta (13/12) serviu, ao menos, para dar ao governo e aos parlamentares uma amostra grátis da reação que devem esperar do mercado caso realmente decidam enterrar a nova Previdência. Além das oscilações da bolsa e do dólar, a Fitch, agência de classificação de risco, avisou que, nesse cenário, rebaixará a nota de crédito do Brasil, o que deve encarecer financiamentos e desestimular investimentos. Causa… Líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR) anunciou o adiamento da votação […]

Reforma da Previdência. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. A turma palaciana central quer que Geraldo Alckmin ajude pessoalmente na aprovação da proposta

Reforma da Previdência. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. A turma palaciana central quer que Geraldo Alckmin ajude pessoalmente na aprovação da proposta

Um interlocutor de Temer defende. “Agora, só resta ao Alckmin ser o sócio da vitória”. Segundo informações do jornalista Lauro Jardim, “O Globo”,  na avaliação de auxiliares de Michel Temer, Geraldo Alckmin terá de se empenhar pessoalmente para reverter os cerca de 25 votos contrários à Reforma da Previdência no PSDB. Pelo tamanho da sua bancada, acreditam ser tarde para o PSDB escapar da responsabilidade da derrota da reforma, caso ela não seja aprovada. Desagradaria ao mercado e poderia prejudicar a candidatura de Alckmin à Presidência.