Todos os partidos de esquerda prometem agenda comum para traçar os encaminhamentos políticos do país. Fala-se em trégua eleitoral

Todos os partidos de esquerda prometem agenda comum para traçar os encaminhamentos políticos do país. Fala-se em trégua eleitoral

As gazeteiras Catia Seabra e Anna Virginia Balloussier, leia-se Folha de São Paulo, informam que, sob bênção de Luiz Inácio Lula da Silva, partidos de esquerda buscarão uma estratégia conjunta de sobrevivência a partir da quarta-feira (24), data do julgamento do petista pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. Com a possibilidade de a condenação do ex-presidente se manter, PT, PC do B, PDT e até PSB promovem uma “trégua eleitoral” e anteciparam para após o Carnaval o lançamento de um programa com vistas a uma aliança no segundo turno do pleito —ou mesmo no primeiro. O PSOL tem acompanhado as discussões na condição de observador.

Osmar Dias decidiu. É candidato ao governo e quer ficar no PDT. Contudo, seu presidenciável difere do escolhido pela sigla

Osmar Dias decidiu. É candidato ao governo e quer ficar no PDT. Contudo, seu presidenciável difere do escolhido pela sigla

Respeitando a tudo e a todos, sejamos sinceros, o ex-senador Osmar Dias, neste episódio eleitoral, vem seguidamente informando que pretende disputar o governo do Paraná. Tanto é verdade que, mesmo acanhado, visita municípios e busca apoio nos quatro cantos do estado. Nesta sexta-feira (12/01) ele se reuniu com o dono do PDT, ex-ministro Carlos Lupi e as cartas foram colocadas na mesa. Osmar repetiu o que o Lupi já sabia. “Não posso apoiar outro presidenciável, por questões familiares”, afirmou, justificando seu apoio ao irmão Álvaro Dias que deve concorrer pelo Podemos. Como noticiou o gazeteiro Celso Nascimento, “a expectativa era a de que saísse uma decisão definitiva a partir do encontro que […]

Osmar Dias (PDT): “Não me vejo em outro palanque que não o do Álvaro”. O pré-candidato tem encontro com a direção do partido nesta sexta-feira

Osmar Dias (PDT): “Não me vejo em outro palanque que não o do Álvaro”. O pré-candidato tem encontro com a direção do partido nesta sexta-feira

Em Curitiba, nesta sexta-feira (12/01), o ex-senador recebe a visita do presidente nacional do partido, Carlos Lupi. A conversa promete ser decisiva para a formalização do nome do pedetista. “Eu quero ser candidato ao governo do Paraná pelo PDT. Sinto-me bem no partido”, informa o jornalista Guilherme Voitch da revista Veja. Segundo ele, o ex-senador, tem uma questão em aberto com a legenda: o apoio à candidatura do irmão Álvaro Dias (Podemos) à Presidência da República, em detrimento do candidato pedetista, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes. “Eu estive em dezembro com o Ciro. Ele disse compreender minha situação e que ficaria muito bravo caso ele ficasse sem o apoio do irmão em uma […]

Osmar Dias: “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”

Osmar Dias: “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”

A matéria é do Blog do Zé Beto. Aos poucos o ex-senador Osmar Dias vai se distanciando do grupo do governador Beto Richa – de quem até bem pouco tempo era um provável aliado nas eleições de 2018. Ontem, em encontro do PDT em São José dos Pinhais, o pedetista subiu um pouco mais o tom ao dizer que “os que estão aí” prometeram e não cumpriram. “Aqueles que prometeram no passado estão esquecendo do que prometeram, pois foram muitas promessas, e querem prometer novamente. Eu não esqueci das promessas deles, pois eu perdi para essas promessas”, disse. E completou: “O povo do Paraná sabe que chegou o momento que […]

Osmar Dias começa a correr atrás do prejuízo. Arregaçando as mangas, sai batendo da cintura para cima. Nem tanto  

Osmar Dias começa a correr atrás do prejuízo. Arregaçando as mangas, sai batendo da cintura para cima. Nem tanto  

Em entrevista à rádio BandNews de Curitiba, o pré-candidato afirmou não enxergar diferença entre um corrupto do PT e um tucano. A frase tem destino certo: o PSDB do governador Beto Richa (PSDB). Osmar, há pouco tempo sonhava contar com Richa na campanha. Sabe do peso do “candidato do governo”. O candidato, por hora do PDT, sabe que seus adversários políticos vão explorar a aliança feita em 2010 com o PT – quando o ex-senador disputou o governo do Estado com Richa. Na época, Osmar andava abraçado com o ex-presidente Lula e a então presidente Dilma Rousseff. Os dois eram figuras constantes nos programas eleitorais de Osmar. Hoje, viraram leprosos. […]

Arregaçando as mangas em busca de moradia no Centro Cívico, mais precisamente no Palácio Iguaçu

Arregaçando as mangas em busca de moradia no Centro Cívico, mais precisamente no Palácio Iguaçu

Sempre rústico e com jeitão que se confunde com a turma do agronegócio, o que para ele é muito bom. A nossa pecuária e agricultura é o sustentáculo deste estado e do o pré-candidato ao governo do Paraná. Osmar Dias faz um giro geral no interior nesta terça-feira (21/11). Osmar visita Londrina, Apucarana, Maringá e Guarapuava. Pelo sim, pelo não, é bom ele correr em alta velocidade, uma vez que os encaminhamentos das costuras e arrumações políticas começam a apontar as forças do jogo político para 2018. Pelo jeitão do início do campeonato, teremos três times com relativa força. Cida Borghetti com a força da máquina; Ratinho Junior com força […]

Juristas pedem ao Tribunal Superior Eleitoral extinção de PT, PMDB, PSD e outros 6 partidos

Juristas pedem ao Tribunal Superior Eleitoral extinção de PT, PMDB, PSD e outros 6 partidos

Em meio às investigações da Lava Jato e seus desdobramentos, um grupo de três juristas capitaneado pelo advogado Modesto Souza Barros Carvalhosa entrou com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a abertura de processo de cancelamento do registro de nove partidos, sob a acusação de que as siglas abandonaram os “princípios republicanos, democráticos e constitucionais para abraçar o crime organizado”. O pedido mira o PT, PMDB, PP, PROS, PRB, PC do B, PDT, PR e PSD, agremiações que, na visão dos juristas, “abusaram da confiança do povo brasileiro para roubá-lo”, tendo cometido “inúmeros e repetidos crimes de lesa Pátria”. VEJA MAIS MATÉRIA GILETADA DO ESTADÃO