Coisinhas estranhas fizeram com que o TCE-PR suspendesse os contratos de obras da Sanepar em União da Vitória

Coisinhas estranhas fizeram com que o TCE-PR suspendesse os contratos de obras da Sanepar em União da Vitória

A ausência de projetos básicos nas licitações que selecionaram construtoras levou o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) a emitir medida cautelar que suspende os contratos nº 23.533/2016, nº 23.534/2016, nº 23.615/2016 e nº 23.988/2016 da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Os contratos suspensos têm como objeto a realização obras para ampliar o esgotamento sanitário no Município de União da Vitória (Região Sul). Os dois primeiros, nos valores de R$ 3.995.000,00 e R$ 6.050.000,00, referem-se à implantação de redes coletoras de esgoto e, como as obras já estão adiantadas – 61,80% e 91% respectivamente -, poderão ser continuados assim que forem apresentados os projetos as built e executivos, com […]

Beto Richa poderá arrecadar R$ 500 milhões com a adesão da Copel ao plano de ações da Sanepar. Eleições…

Beto Richa poderá arrecadar R$ 500 milhões com a adesão da Copel ao plano de ações da Sanepar. Eleições…

A Copel, que é a segunda maior acionista da Sanepar, anunciou aos investidores a conversão das 44,3 milhões de ações que detém da companhia de saneamento em cerca de 8,9 milhões de Units. Segundo matéria da Gazetona, a manobra, que já era esperada pelo mercado, dá força à estratégia da Sanepar de reduzir a ingerência estatal sobre a empresa e, ao mesmo tempo, ganhar liquidez. O lance pode dar ao “governador de todos os paranaenses” a media de R$ 500 milhões. Anunciada como fato relevante pela Sanepar no final de outubro, a movimentação pretende mudar o perfil dos papéis da empresa negociados na Bolsa de Valores. Em linhas gerais, cada Unit […]

Sanepar não quer dedo político nas coisas da empresa, visando proteger o investidor. Quanto ao consumidor…

Sanepar não quer dedo político nas coisas da empresa, visando proteger o investidor. Quanto ao consumidor…

Enquanto a diminuta oposição no estado esperneia por conta das medidas que a diretoria da Sanepar toma, ou venha a tomar, a empresa quer proteger os investidores de ingerência política. Segundo matéria da Gazetona, a companhia, prestes a lançar ações na Bolsa de Valores, concede aos investidores o direito de vetar decisões que considerem prejudiciais às finanças da empresa.   A perspectiva de que algum interesse além do lucro prevaleça em empresas públicas com ação na Bolsa de Valores afasta investidores. Por isso, o Conselho de Administração da Sanepar buscou estratégias para tentar blindar a companhia de eventuais ingerências governamentais que pudessem afetar a percepção do mercado sobre a segurança da […]